Quanto ganha um árbitro da NBA?

Salário árbitros NBA
Por Alice Barbosa, jornalista e CEO do Árbitros NBA

O salário dos árbitros da NBA é uma curiosidade antiga do fã da liga. Saber quanto ganha o profissional que passa quase 24 dias na estrada, arbitrando jogos em intervalos de até 24 horas, é dúvida recorrente para quem acompanha o basquete profissional masculino dos EUA.

Como em toda profissão, há uma variedade nas faixas salariais – o valor muda conforme a experiência do oficial. Anualmente, o árbitro da NBA pode ganhar de 100 mil a 550 mil dólares. Esta última cifra é para os profissionais de mais de 15 anos de casa, como Scott Foster, Tony Brothers e outros nomes conhecidos dos brasileiros. Hoje em dia, pelo menos nove árbitros estão neste seleto grupo.

A quantia atual é quase 10 vezes mais alta do que em 1983, por exemplo, quando a faixa salarial da arbitragem variava de 18 mil a 80 mil dólares por temporada.

Jenna Schroeder, Sean Wright e Natalie Sago, três árbitros com experiências e faixas salariais diferentes. Foto: Fernando Medina/NBAE via Getty Images.

Um profissional iniciante, que está em seu primeiro período com a liga, em dedicação exclusiva ou sem – isto é, arbitrando jogos da G League ainda – , fatura por ano 100 mil dólares.

Os valores são computados por partidas – a cada embate na fase regular e nos playoffs, a quantia paga varia de 600 dólares a 3,5 mil dólares. Nas finais, o valor pode ser de até 5 mil dólares por jogo. Como na maioria dos trabalhadores que laboram viajando constantemente, as despesas com passagens, hotéis e alimentação são custeadas pela NBA. Mas os tênis, por exemplo, tem que ser pagos pelos árbitros. A média de uso de cada par é de no máximo dois meses.

As negociações salariais da arbitragem da liga são mediadas pela NBRA, a Associação de Árbitros da NBA, fundada em 1973, porém somente quatro anos depois é que a organização assume a função de sindicato. Em 2017, a NBRA também cuida dos interesses dos profissionais da G League e da WNBA.

Foto do destaque: divulgação/USA Today.

Publicado por Alice Barbosa

NBA journalist and writer. Árbitros NBA creator, website/social media about NBA refereeing. ECB editor. Jornalista e escritora, criadora do projeto Árbitros NBA (site, Twitter e Instagram). Editora no Esporte Clube Basquete. Periodista y escritora, creadora del proyecto Árbitros NBA (sitio web, Twitter e Instagram). Editora en Esporte Clube Basquete. @aliceviralata @arbitrosnba

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: