Final NBB: oficiais de mesa relatam como é estar nesse evento

É um mistura positiva de responsabilidade, prazer, orgulho e seriedade

Neste sábado (21), acontece o primeiro jogo da final do NBB entre Flamengo e São Paulo. Em quadra, os oficiais serão Fernando Serpa, Diego Chiconato e Jacob Cassimiro Barreto, todos árbitros de categoria internacional. Luiz Cláudio dos Anjos Bonifácio é o representante, e a operação do replay está a cargo de César Augusto Gonçalves Lopes.

Nesta semana, o Árbitros NBA entrevistou Fátima Aparecida da Silva, na abertura de nossa série de textos sobre os profissionais que trabalham na arbitragem da partida e nos outros controles de tempo e pontuação. Fátima passou por todas as posições de arbitragem dentro e fora de quadra, e uma delas foi a de oficial de mesa.

Amanhã, na base de marcação de pontos do Ginásio do Maracãnazinho, três oficiais de mesa estarão desempenhando suas funções na final de um campeonato. A apontadora será Maria Thereza Rezende; como cronometrista, Cláudia Molina, e como operadora dos 24 segundos, Rosângela Esteves.

Em breve, o Árbitros NBA contará a história desses profissionais, a carreira e o processo de cada uma das funções.

Hoje perguntamos a três dos oito profissionais escalados como oficiais de mesa para as partidas do fechamento da temporada qual é a sensação de estar na final de um dos campeonatos mais disputados da América Latina. Confira as respostas:

É com grande satisfação que participo por mais um ano nas Finais do NBB. Confesso que estou sentindo falta da torcida, mas em tempos de pandemia é o mais seguro para todos. Boa sorte para as equipes finalistas (Cláudia Molina).

Sinto-me honrado e privilegiado em fazer parte do desfecho do melhor campeonato de basquetebol do meu país (Marcelo Cardoso).

A sensação é indescritível! O basquetebol é minha vida! É um mistura positiva de responsabilidade, prazer, orgulho e seriedade! Certeza de um belíssimo espetáculo para as Finais’21 do NBB (Maria Thereza Rezende, também Coordenadora de Arbitragem da FBERJ – Federação de Basquetebol do Estado do Rio de Janeiro).

Publicado por Alice Barbosa

NBA journalist and writer. Árbitros NBA creator, website/social media about NBA refereeing. ECB editor. Jornalista e escritora, criadora do projeto Árbitros NBA (site, Twitter e Instagram). Editora no Esporte Clube Basquete. Periodista y escritora, creadora del proyecto Árbitros NBA (sitio web, Twitter e Instagram). Editora en Esporte Clube Basquete. @aliceviralata @arbitrosnba

Um comentário em “Final NBB: oficiais de mesa relatam como é estar nesse evento

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: